INFORMAÇÕES IMPORTANTES


Adote um Amigo!
Aqui você encontrará cachorros e gatos que estão para adoção. Também divulgamos animais achados e perdidos e eventos relacionados à Proteção Animal.
Se interessou por um novo amigo?
Cada animal tem um protetor responsável. Você deve entrar em contato através dos e-mails e telefones que estão no anúncio do animal.

Encontrou um animal na rua?
O futuro dele pode depender de você.
Clique e saiba o que fazer quando encontrar um bichinho em perigo.

O Cãopanheiro Curitiba apenas divulga voluntariamente os anúncios e não se responsabiliza pelas informações prestadas.

Temos mais bichinhos te esperando nas próximas páginas

Visitem as outras páginas e dêem oportunidade para que cães e gatos encontrem um lar ou retornem para suas casas!

Divulgar um Animal

Não recolhemos animais.
Seja uma solução, não repasse o problema!
Encontrou um animal na rua? Clique e saiba o que fazer para resgatá-lo.
 

Para divulgar um animal no Cãopanheiro Curitiba basta nos enviar seu anúncio por um dos e-mails abaixo com as seguintes informações necessárias:
- Nome do animal (use-o também no título do e-mail)
- Sexo
- Porte (pequeno, médio, grande ou peso em kgs)
- Idade aproximada
- Se está castrado ou não (importante!)
- Foto em formato .jpg (não aceitamos anúncios em Word, Powerpoint ou PDF)
- Seus contatos: Nome, Telefones e E-mail.
- Não escreva seu texto EM CAIXA ALTA.

Nosso trabalho é voluntário, nos ajude a ajudar os animais!

Para anunciar animais para doação: doacao@caopanheirocuritiba.com.br
Para anunciar animais achados: achados@caopanheirocuritiba.com.br
Para anunciar animais perdidos: perdidos@caopanheirocuritiba.com.br
Para anunciar eventos (feiras, bazares, bingos): eventos@caopanheirocuritiba.com.br
Dúvidas e comentários para: contato@caopanheirocuritiba.com.br

Perdeu seu bicho?
Clique para ver dicas para ajudar na sua busca!

Dicas para o anúncio de doação ideal:
1) Pense como um adotante.
Ele precisa ser conquistado e não assustado. É para ele que você está anunciando o animal, então tente sempre que possível evitar textos enormes ou contar histórias tenebrosas - não é o certo momento para isso. Considere também que muitas pessoas não conhecem a causa animal e precisarão ser educadas, antes da adoção, sobre posse responsável, castração, o não uso de correntes, o fim das "voltinhas" na rua e outras coisas básicas para nós. É normal não saber disso, tenha paciência - apenas uma conversa sem radicalismos já pode mudar muita coisa.

2) Capriche na foto.
Ela é decisiva na hora da escolha do adotante em meio a tantos outros anúncios. Tente realçar as qualidades do bicho - mostre bem o rostinho dele, fotografe-o em uma pose bonita. Aproveite um local iluminado, tire diversas fotos e escolha apenas a melhor. Você não mostraria suas fotos feias para os amigos, então por que fazer isso com o seu resgatado?
 
3) Evite fotografá-lo doente, acidentado, atrás de grades ou em canis superlotados.
Sabemos o quanto os resgatados sofreram, mas não é por pena que ele deve ser adotado - e sim por amor! Além disso, não queremos que as pessoas fora da proteção animal tenham a impressão de que todos os resgatados são animais problemáticos, doentes e fracos, não é mesmo? Sabemos que são lindos, queridos e saudáveis, depois de tratados, prontos para um lar definitivo, e é assim que todos queremos que a adoção de animais seja vista.

4) Seja objetivo.
A estrela do anúncio deve ser o animal. A vida das protetoras e ONGs é muito sofrida, mas agora é hora de falar do seu resgatado - e não do abrigo ou hotel. Se você ou sua ONG precisa de ajuda, prefira fazer um anúncio separado e específico para doações de materiais, ração, busca por voluntários e afins.

5) Seja acessível - divulgue os contatos que você realmente usa.
Alguns adotantes acabam desistindo de adotar pela dificuldade de entrar em contato com os protetores responsáveis. Se você só pode atender o telefone em determinados horários, divulgue isso no anúncio! Não usa o seu e-mail com frequência? Peça para não incluí-lo no anúncio.

Juntos e aos poucos vamos conquistando melhorias para a vida de todos os animais!


O conteúdo e informações contidas nas postagens são de responsabilidade dos contatos informados nos anúncios. O Cãopanheiro Curitiba é uma organização voluntária e somente divulga as informações repassadas, não nos responsabilizamos pelo conteúdo informado e não recolhemos animais.